© 2016 por Felipe Madeira

 
 

Cadeira Naiá

Finalista - Prêmio Tok Stok de Design Universitário 2015
Materiais: Madeira
2015
Mostrar Mais
Mostrar Mais

Segundo o folclore brasileiro, Naiá era uma guerreira tupi-guaraní apaixonada pelo Deus Lua. Em uma bela noite de luar, a índia viu o reflexo do seu amor na beira de um lago e, maravilhada com sua proximidade, atirou-se nas águas e desapareceu. Comovido com a história de Naiá, Deus Lua criou uma planta aquática cujas flores só abririam de noite. Assim nasceu a Vitória Régia, planta típica da região amazônica e inspiração 

para a cadeira.

 

A forma orgânica e a leveza da planta ao flutuar sobre a superfície de rios e lagos chamam atenção. A apropriação desses dois elementos é estilizada no assento, que parece flutuar sobre uma estrutura simples composta por linhas retas mínimas que carregam uma forte herança do mobiliário artesanal brasileiro.

MATERIAIS
Madeira Maciça
DIMENSÕES
L46 x P56 x A81