© 2016 por Felipe Madeira

 
 

Escrivaninha Sobradinho

Premiada no Prêmio Salão Design 2017
2016
Mostrar Mais

O home office é uma tendência mundial e envolve 32,5% de sua população 

economicamente ativa, totalizando cerca de 1 bilhão de pessoas praticando este método. No Brasil, desde 2014, um notável aumento de empresas que permitem esta modalidade pode ser notado. Neste mesmo ano, foi constatado a estimativa de cerca de 12 milhões de brasileiros atuando em suas empresas remotamente.

 

Este panorama mostra que o trabalho vem se conectando cada vez mais à casa do trabalhador. Como criar, a partir de um móvel, um ambiente que integre a casa ao trabalho, sem separar estes espaços?

A reflexão sobre o tema é traduzida em uma escrivaninha, batizada de Escrivaninha Sobradinho. Alternativa que corresponde às funções requisitadas por usuários de home office. Descontraída, reformula o local de trabalho e apoiando-se na ludicidade de sua forma, quase óbvia. Evidenciando leveza do trabalho em casa, não fazendo deste

espaço um escritório frio e árido,

Como o que se vive no trabalho.

 

Sua estrutura metálica (wireframe), serve como um casulo que, embora sem paredes, delimita virtualmente seu espaço, priorizando o foco. Sua marcenaria, evoca a quentura da madeira (painel pinus), para estabelecer calma e concentração. O tampo possui laterais elevadas, ideais para colar post-its ou recados, gavetas e um compartimento (no centro do tampo) para organizar cabos, fontes e carregadores. Usos simbólicos, estéticos e funcionais que acredito serem indispensáveis para a boa integração Trabalho x Casa x Usuário.

MATERIAIS
Madeira Maciça e Aço Carbono
DIMENSÕES
L100 x P60 x A175